Atentados em Bagdá deixam 14 mortos e mais de 100 feridos

No sudoeste de Bagdá, onde um carro-bomba explodiu matando seis pessoas e deixando 42 feridas

EFE |

Ao menos 14 pessoas morreram neste sábado e mais de cem ficaram feridas em vários atentados em Bagdá e arredores, informaram à Agência Efe fontes do Ministério do Interior iraquiano.

O episódio de maior gravidade ocorreu por volta do meio-dia perto do mercado atacadista de Bayaa, no sudoeste de Bagdá, onde um carro-bomba explodiu matando seis pessoas e deixando 42 feridas. A forte explosão destruiu lojas e veículos.

Em um santuário, ao noroeste de Bagdá, outro carro-bomba explodiu, com o saldo de cinco mortos e 18 pessoas com ferimentos.

Mais duas mortes foram registradas, além de 28 feridos, na detonação de outro automóvel com explosivos perto de um grupo de peregrinos iranianos em uma região de maioria xiita.

Duas explosões foram registradas no centro da capital iraquiana. Em uma delas, um civil morreu e oito pessoas ficaram feridas e na outra quatro policiais resultaram feridos.

Em uma última ação, uma patrulha foi atingida por uma bomba e três soldados sofreram lesões.

    Leia tudo sobre: atentadobagdámortesferidosoriente médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG