Atentados deixam sete mortos e 23 feridos no Iraque

Sete iraquianos morreram, incluindo três militares e um policial, e 23 ficaram feridos em uma série de ataques nesta segunda-feira contra o exército e a polícia em Bagdá e seus arredores, informou o ministério do Interior.

AFP |

Em Ghazaliya, um distrito do oeste de Bagdá, de maioria sunita, insurgentes abriram fogo contra um posto de controle do exército iraquiano e mataram três pessoas, duas delas soldados, além de ferir oito, incluindo quatro militares.

No centro de Bagdá, perto do ministério da Agricultura, dois civis morreram e seis pessoas, dois policiais, ficaram feridas na explosão de uma bomba.

Na mesma área, uma bomba feriu sete pessoas, incluindo três policiais.

Em Iskandariyah, 40 km ao sul de Bagdá, um homem morreu e o filho foi ferido na explosão de mais uma bomba.

Em Mosul (norte), homens armados dispararam contra um policial à paisana, que andava na rua. Ele morreu com um tiro na cabeça.

Na mesma cidade, a explosão de uma bomba feriu Amer Chaaban al Haibi, membro da Lista Nacional Iraquiana, partido laico do ex-primeiro-ministro Iyad Alaui. Um fonte médica informou que Haibi, oriundo de Mosul, pode ter um dos pés amputados em decorrência dos ferimentos.



Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG