Atentados deixam 19 mortos em Bagdá

Pelo menos 19 pessoas morreram e 22 ficaram feridas em três atentados na manhã desta segunda-feira em Bagdá.

Redação com agências internacionais |

Acordo Ortográfico

No primeiro ataque, uma bomba de grande potência explodiu em uma avenida da zona leste da capital iraquiana na passagem de um veículo com funcionários do ministério do Comércio. O saldo foi de 13 mortos, sendo nove mulheres, e cinco feridos.

Alguns minutos depois, cinco pessoas faleceram e 12 ficaram feridas em outro atentado, executado por uma mulher-bomba em uma das entradas da ultraprotegida "zona verde" do centro de Bagdá.

O ataque foi realizado no momento em que muitos trabalhadores seguiam para o trabalho em prédios do governo iraquiano e em várias embaixadas.

Em um terceiro ataque, na zona leste de Bagdá, a explosão de uma bomba à margem de uma avenida deixou um morto e cinco feridos.

Acordo

De forma geral, a violência diminuiu no Iraque no último ano, mas nas últimas semanas tem acontecido uma nova onda de ataques no país.

Esta semana, o Parlamento iraquiano deve votar a proposta de pacto formulada pelo governo do Iraque e as Forças Armadas dos Estados Unidos, que prevê a permanência no país das tropas americanas, até 2011.

Alguns grupos xiitas já se manifestaram contra o plano, exigindo a saída imediata dos soldados estrangeiros do país.


Manifestantes protestam contra o acordo com os EUA / AP

Na sexta-feira, uma manifestação convocada pelo clérigo xiita Moqtada al Sadr reuniu milhares de pessoas em Bagdá protestando contra a proposta.

Mas correspondentes dizem acreditar que o acordo será aprovado. O documento estipula que os soldados americanos devem se retirar das ruas das cidades iraquianas até meados do próximo ano, e encerrar sua participação militar no país em 2011.

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG