Atentados com explosivos deixam 3 mortos e 47 feridos nas Filipinas

(Atualiza o número de vítimas e acrescenta detalhes) Zamboanga (Filipinas), 18 dez (EFE).- Três pessoas morreram e 47 ficaram feridas em dois atentados terroristas ocorridos hoje de forma quase simultânea em uma zona comercial na cidade filipina de Iligan, cerca de 820 quilômetros ao sudeste de Manila.

EFE |

As vítimas fatais correspondem a três jovens de idades entre 20 e 22 anos, todos eles de nacionalidade filipina.

Fontes militares informaram que a primeira bomba explodiu por volta das 13h25 (3h25 de Brasília) em um centro comercial, e a segunda bomba explodiu cerca de 20 minutos depois em um supermercado, ambos no distrito comercial de Iligan.

"Os artefatos explosivos estavam em bolsas" deixadas nas proximidades, informou à imprensa o porta-voz do Comando de Mindanao Ocidental, tenente Steffani Cacho.

Nenhum grupo armado dos que operam na região, sejam insurgentes comunistas ou muçulmanos separatistas, ou grupo criminoso assumiu a autoria da ação, segundo a Polícia.

"Nós suspeitamos dos rebeldes do FMLI (Frente Moro de Libertação Islâmica), porque é o tipo (de explosivo) que usam, é sua assinatura a munição de morteiro", disse o coronel Nicanor Dolojan, do Exército.

A presidente das Filipinas, Gloria Macapagal Arroyo, natural de Iligan, condenou estes atentados como "agressões terroristas violentas e cruéis", e ordenou que os corpos se segurança persigam e capturem os responsáveis. EFE rp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG