Atentado suicida mata pelo menos 23 no Sri Lanka

(atualiza com número de mortos e feridos) Nova Délhi, 9 fev (EFE).- Pelo menos 23 pessoas morreram e outras 64 ficaram feridas em um atentado suicida registrado hoje no nordeste do Sri Lanka, onde continuam os combates entre o Exército e a guerrilha separatista tâmil, informou à Agência Efe um porta-voz militar.

EFE |

Segundo as Forças Armadas, os mortos foram 15 soldados e oito civis, enquanto outros 24 militares e 40 civis ficaram feridos, entre eles mulheres e crianças.

O atentado aconteceu esta manhã na área de Visuamadu, no momento em que um grande grupo de civis se aproximava das instalações do Exército na região para receber ajuda, segundo disse por telefone o porta-voz Udaya Nanayakkara.

"Um terrorista suicida dos Tigres de Libertação do Tâmil Eelam (LTTE) explodiu a carga que levava e deixou vários mortos e feridos, entre eles alguns soldados", declarou o porta-voz.

Os feridos foram levados aos hospitais próximos para receber atendimento médico, enquanto o Exército cingalês continua sua ofensiva contra o último reduto rebelde, nas selvas do distrito de Mullaitivu.

A guerrilha tâmil enfrenta há 25 anos o Exército do Sri Lanka com o objetivo de proclamar um Estado independente no norte e no leste da ilha, onde sua etnia é majoritária. EFE daa/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG