Moscou, 25 ago (EFE).- Três policiais morreram hoje e outro ficou ferido em um atentado suicida na região de Shalí, na Chechênia, informou o ministro do Interior Ruslan Alkhanov.

Os policiais estavam em uma oficina mecânica quando o terrorista se aproximou e detonou os explosivos, realizando o segundo atentado na região em cinco dias.

Segundo Alkhanov, o terrorista Magomed Shajídov já tinha sido preso e julgado em 2004 e, após recuperar a liberdade, voltou a se unir à guerrilha islâmica.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, fez ontem uma visita secreta à Chechênia para conversar com o presidente local, Ramzan Kadyrov, sobre a situação na república. EFE io/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.