BAGDÁ - Pelo menos duas pessoas morreram neste domingo e quatro ficaram feridas num ataque suicida cometido na localidade de Ameriya, a oeste de Bagdá, disseram fontes das forças de segurança iraquianas.

Segundo informações, o suicida acionou os explosivos que levava junto ao corpo no pátio da casa de um dos chefes dos chamados Conselhos de Salvação, a milícia sunita pró-governamental. O alvo do ataque era o xeque Khaled al-Ifan, que teria perdido um dos filhos na explosão.

As tribos árabes sunitas começaram a criar os Conselhos de Salvação há três anos, para ajudar as forças de segurança iraquianas em sua luta contra a Al Qaeda. Desde então, os combatentes da organização terrorista mataram e feriram centenas de dirigentes e membros dessa milícia.

Leia mais sobre: ataque suicida

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.