Atentado suicida mata 18 e fere 80 em Bagdá

Pelo menos 18 pessoas morreram nesta terça-feira e 80 ficaram feridas em um atentado suicida contra uma delegacia de polícia em Bagdá, informaram fontes policiais.

iG São Paulo |

As fontes disseram que um suicida detonou o carro-bomba que dirigia às 5h30 de Brasília na praça de Tahariyat, no centro da capital, onde fica a delegacia, que desabou em consequência da explosão.


Coluna de fumaça é vista após explosão no centro de Bagdá nesta terça-feira / AFP

Equipes de resgate ainda vasculham os escombros em busca de mais vítimas. A maioria dos mortos, segundo autoridades locais, é composta de policiais que trabalhavam no laboratório forense da delegacia.

O ataque desta terça-feira acontece um dia após uma série de atentados contra hotéis de Bagdá ter matado ao menos 36 pessoas na última segunda-feira.

Os atentados desta semana, todos contra alvos com segurança reforçada, dão mais um duro golpe no contra o governo iraquiano, que luta para responder pelas falhas de segurança na capital do país.

Estes atentados coincidiram com o anúncio, na última segunda-feira, da execução de Ali Hassan Al Majid, conhecido como "Ali Químico", primo do ditador Saddam Hussein, que tinha sido condenado à pena de morte quatro vezes.


Policiais observam carro que explodiu em Bagdá / AFP

* Com EFE e AP

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG