Atentado suicida deixa seis mortos no sul do Afeganistão

Seis pessoas, três policiais e três civis, foram mortos neste domingo num atentado suicida assumido pelos talibãs, contra uma patrulha, no centro de Spin Boldak, no sul do Afeganistão, indicaram fontes da Polícia.

AFP |

"Um homem com explosivos numa moto ativou sua carga perto de uma patrulha de duas viaturas da polícia das fronteiras, às 18H00 (10H30 de Brasília), no centro de Spin Boldak", perto da fronteira com o Paquistão, declarou à AFP o chefe da polícia da província de Kandahar, Matiullah Khan Qate.

"Três policiais foram mortos e cinco feridos. Três civis também morreram e 12 foram feridos", acrescentou.

Um porta-voz dos talibãs, Yousouf Ahmadi, assumiu o atentado numa ligação telefônica com a AFP.

Os talibãs lançaram uma insurreição sangrenta quando foram cassados do poder no fim de 2001 por uma coalizão internacional liderada pelos EUA. A província de Kandahar é berço de seu movimento e um de seus redutos.

As violências dobraram de intensidade nos dois últimos anos apesar da presença de 70.000 soldados das duas forças multinacionais, uma da Otan outra sob comando americano (Operation Enduring Freedom).

Atentados viam regularmente as forças de segurança afegãs e internacionais, mas os civis são sempre vítimas destes ataques.

str-br/thm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG