Atentado suicida deixa príncipe saudita ferido

Cairo, 28 ago (EFE).- O príncipe Mohammed bin Naif bin Abdul Aziz, membro da família real saudita, ficou levemente ferido nesta quinta-feira à noite em um atentado realizado por um terrorista suicida em Yedda, no litoral do Mar Vermelho, informou hoje a agência de notícias SPA.

EFE |

Segundo um comunicado da Casa Real saudita, divulgado pela agência de notícias estatal, o atentado ocorreu quando a vítima, vice-ministro para assuntos de segurança do Ministério do Interior, recebia cidadãos para felicitá-los pelo mês de jejum do Ramadã.

A nota explica que, às 23h30 (17h30, Brasília) de quinta, enquanto o príncipe, encarregado da luta antiterrorista no país, recebia seus súditos, o terrorista detonou os explosivos.

O ferido é filho do ministro do Interior saudita, Naif bin Abdul Aziz, irmão do rei Abdullah bin Abdul Aziz e terceiro na sucessão ao trono.

Trata-se do primeiro atentado ocorrido na Arábia saudita, berço do islã, desde que, em 2003, a luta contra o terrorismo foi intensificada. EFE nq/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG