Um atentado suicida cometido por uma mulher nesta quarta-feira em Grozny, capital da Chechênia, feriu pelo menos dois policiais e alguns civis, anunciaram as autoridades da república do Cáucaso russo.

O atentado, executado por uma mulher de meia idade, teve como alvo uma viatura da polícia em pleno centro de Grozny, na avenida Vladimir Putin, principal via da cidade cidade.

De acordo com as autoridades, o balanço ainda será determinado. O corpo da suicida foi despedaçado na explosão, segundo testemunhas.

O Cáucaso russo é cenário de uma rebelião islâmica há vários anos, mas a violência e os atentados suicidas se intensificaram nos últimos meses.

No início da década, a Rússia registrou atentados cometidos por mulheres chechenas, que foram chamadas de "viúvas negras", já que haviam perdido os maridos e outros familiares durante as duas guerras que devastaram a Chechênia desde o fim da União Soviética.

has-alf-edy-mc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.