Atentado suicida deixa dois mortos no Iêmen

Sana, 25 jul (EFE).- Um atentado suicida com carro-bomba deixou dois mortos na província Iemenita de Hadramout.

EFE |

Segundo as autoridades iemenitas, uma das duas vítimas mortais do atentado era o terrorista suicida que dirigia o carro-bomba.

A outra vítima era um policial que tentou interceptar o veículo cheio de explosivos quando ele se dirigia a grande velocidade para a entrada de uma delegacia que fica na cidade de Siun, explicou o governador de Hadramout em um site do Ministério da Defesa do Iêmen.

Como conseqüência da explosão sete civis, todos do sexo feminino, e 11 policiais ficaram feridos.

Dois dos agentes estão em estado grave, declarou o governador.

As forças de segurança fecharam o trânsito das avenidas que conduzem ao local para facilitar a transferência das vítimas para um hospital.

A rede terrorista internacional Al Qaeda assumiu a autoria de vários atentados perpetrados nos últimos seis meses em Hadramout.

No dia 5 de julho, sete pessoas morreram por causa da explosão de uma bomba que um adolescente de 14 anos carregava na cidade de Saada. EFE ja/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG