Atentado suicida deixa 27 mortos no norte do Sri Lanka

Pelo menos 27 pessoas morreram nesta segunda-feira e 80 ficaram feridas em um atentado suicida executado por rebeldes separatistas tâmeis na região norte do Sri Lanka.

AFP |

"Os Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) cometeram um atentado suicida. Há muitas vítimas. Pelo menos 27 pessoas morreram e 80 estão feridas", declarou o porta-voz do ministério da Defesa, general Udaya Nanayakkara.

A explosão aconteceu na cidade de Anuradhapura, na sede do principal partido de oposição ao presidente cingalês Mahinda Rajapaks, o Partido Nacional Unificado (PNU).

Entre as vítimas fatais estão o líder local do PNU, o general da reserva Janaka Perera, e sua esposa.

O PNU ficou no poder no Sri Lanka até o fim de 2002. O primeiro-ministro da época, Ranil Wickremensinghe, negociou o cessar-fogo de fevereiro de 2002 entre o governo de Colombo e os rebeldes tâmeis.

A trégua, assinada com a mediação da Noruega, foi rompida oficialmente em janeiro passado.

    Leia tudo sobre: sri lanka

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG