BAGDÁ - Um atentado suicida realizado por uma mulher na entrada de um tribunal de Baquba, capital da província iraquiana de Diyala, deixou pelo menos nove pessoas mortas hoje e outras 20 ficaram feridas, informaram fontes policiais.

A polícia afirmou que a mulher, que levava um cinto de explosivos, explodiu a carga que carregava quando passava uma patrulha policial.

Do total de mortos, cinco são policiais - dois deles oficiais -, enquanto os demais são pedestres que passavam pelo local na hora da explosão. As forças de segurança isolaram a área imediatamente após o incidente para facilitar a retirada dos feridos.

Este atentado é o último de uma série de ataques suicidas realizados por mulheres nesta província. Desde janeiro ocorreram pelo menos 20 atentados protagonizados por mulheres suicidas no Iraque.

Leia mais sobre Iraque

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.