Atentado perto de mesquita mata 15 e fere 50 no Paquistão

ISLAMABAD - Pelo menos 15 pessoas morreram hoje e 50 ficaram feridas em um atentado nos arredores de uma mesquita xiita em Dera Ghazi Khan, no leste do Paquistão, informou uma fonte dos serviços de resgate.

EFE |

Segundo a fonte, citada pelo canal privado "Ary" e "Express", uma bomba explodiu na zona de Saddar, em Dera Ghazi Khan, situada na província paquistanesa de Punjab.

O atentado ocorreu no momento em que muitos fiéis realizavam uma procissão perto do templo, de acordo com a versão da imprensa paquistanesa.

Os feridos já foram levados a um hospital próximo, enquanto a Polícia deteve alguns suspeitos e isolou a região.

Autoridades locais ordenaram uma investigação e pediram o aumento da segurança em torno de locais de reza xiitas. O primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gilani, já condenou o atentado, segundo comunicado divulgado por seu escritório.

Embora a comunidade xiita conviva com sunita - que é maioria - em diversos pontos do país, distúrbios e atentados são frequentes, especialmente em locais de culto.

Punjab, província mais povoada e próspera do país, não costuma ser palco de atentados, mas sua capital, Lahore, foi palco de alguns em 2008 - o que mostrou a piora das condições de segurança no Paquistão nos últimos dois anos.

Em outro atentado hoje, pelo menos sete paramilitares ficaram feridos ao explodir uma bomba à passagem de seu comboio na região tribal de Mohmand, na fronteira com o Afeganistão.

Leia mais sobre Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG