Atentado perto de mausoléu de Khomeini mata 1 e fere 8 no Irã

Teerã, 20 jun (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu e oito ficaram feridas num atentado suicida registrado hoje perto do mausoléu do aiatolá Khomeini, no sul de Teerã.

EFE |

Segundo a emissora "PressTV", por volta das 17h (hora local), um homem detonou um explosivo na parte norte do santuário do fundador da República Islâmica, local de peregrinação de muitos fiéis xiitas.

Os feridos foram levados para hospitais da região, informou a rede de TV, que citou como fonte o site persa "Tabnak.ir".

Este é o primeiro atentado ocorrido em Teerã desde a década de 80. O ataque acontece após os vários protestos e confrontos que, desde as eleições presidenciais do dia 12, sacudiram o Irã por vários dias.

Desde o pleito, denunciado como fraudulento pela oposição, pelo menos oito pessoas morreram no país em confrontos entre manifestantes e policiais, estes últimos apoiados por membros da milícia islâmica Basij.

Na quinta-feira, o Governo iraniano chegou a informar que o serviço de inteligência descobriu vários planos de ataques que seriam realizados no dia votação.

Ao divulgar a informação, acusou os terroristas de terem "vínculos" com inimigos externos do Irã, numa alusão direta aos Estados Unidos e a Israel.

Semanas antes das eleições, mais de 25 pessoas morreram no atentado mais sangrento do Irã nos últimos 15 anos, cometido contra uma mesquita da cidade de Zahedan, na fronteira com o Afeganistão.

EFE jm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG