Um civil morreu nesta segunda-feira em um atentado suicida com carro-bomba na entrada da base da Otan onde sete agentes da CIA foram assassinados no fim de dezembro em Khost, leste do Afeganistão." /

Um civil morreu nesta segunda-feira em um atentado suicida com carro-bomba na entrada da base da Otan onde sete agentes da CIA foram assassinados no fim de dezembro em Khost, leste do Afeganistão." /

Atentado perto de base da Otan deixa um morto no Afeganistão

Um civil morreu nesta segunda-feira em um atentado suicida com carro-bomba na entrada da base da Otan onde sete agentes da CIA foram assassinados no fim de dezembro em Khost, leste do Afeganistão.

AFP |

Um civil morreu nesta segunda-feira em um atentado suicida com carro-bomba na entrada da base da Otan onde sete agentes da CIA foram assassinados no fim de dezembro em Khost, leste do Afeganistão.

"Um civil morreu", declarou Abdul Hakim Ishaqzai, chefe de polícia de Khost.

Dois afegãos também ficaram feridos.

A Otan, procurada em Cabul, afirmou não ter informações sobre um incidente em Khost, perto da fronteira com o Paquistão.

Em 30 de dezembro, sete agentes da CIA morreram em um atentado suicida dentro da mesma base, quando um agente duplo jordaniano infiltrado na agência de inteligência americana pela Al-Qaeda detonou um cinturão de explosivos durante uma reunião com dirigentes da espionagem americana.

No domingo, a explosão de uma bomba na passagem de um micro-ônibus na estrada que leva a Zurmat matou oito civis e deixou 14 feridos, segundo as autoridades locais.

Além disso, a Otan anunciou que um soldado da Aliança Atlântica, que não teve a nacionalidade revelada, morreu do domingo na explosão de uma bomba de fabricação caseira no sul do Afeganistão.

Desde o início do ano, 176 soldados estrangeiros morreram na guerra do Afeganistão.

kat/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG