Islamabad - Doze policiais morreram neste domingo em um ataque contra um centro de treinamento policial na localidade de Mingora, a principal cidade do conflituoso vale paquistanês de Swat, informou uma fonte oficial.

O ministro da Informação da Província da Fronteira do Noroeste (NWFP), Milan Iftikhar, citado pelo canal de televisão "Dawn", informou também que o atentado causou vários feridos que estão sendo levados para um hospital.

De acordo com o canal "Geo TV", se tratou de um ataque suicida contra o Centro de Treinamento das forças especiais da Polícia, situado nas proximidades de uma delegacia.

AFP
Local onde houve o ataque no Paquistão

Segundo a "Geo TV", que cita seu correspondente na região como fonte, depois da explosão se ouviu um intenso tiroteio na área.

De acordo com a versão, a explosão ocorreu no interior do centro quando os policiais estavam fazendo seu treinamento rotineiro.

O suposto agressor suicida tinha conseguido penetrar no recinto e detonou a carga explosiva que levava consigo.

As forças de segurança isolaram a área depois da explosão, que gerou pânico entre a população das proximidades, onde todos os mercados e negócios foram fechados imediatamente.

Mingora é a maior cidade de Swat, no qual o Exército do Paquistão lançou esta primavera uma grande operação contra a insurgência que tinha se apoderado do vale.

Leia mais sobre: Paquistão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.