(atualiza com novo balanço de feridos e detalhes sobre o atentado) Argel, 23 fev (EFE).- Pelo menos nove pessoas morreram, em sua maioria seguranças, e outras quatro ficaram feridas em um atentado cometido domingo à noite perto das instalações da companhia elétrica Sonelgaz no distrito de Ziama Mansouriah, no leste da Argélia, informaram hoje à Agência Efe fontes locais.

O ataque teria sido cometido à distância por um grupo de terroristas que utilizaram morteiros de fabricação caseira para bombardear a base dos agentes da companhia privada de segurança Spass.

Em seguida, os terroristas começaram a atirar contra os vigias e, posteriormente, se aproximaram do local para pegar suas armas.

Os feridos foram levados ao hospital de Jijel.

Os morteiros usados na ação são habitualmente usados pela organização Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI).

Até o momento, nenhuma fonte oficial confirmou o atentado, que ocorreu a poucas semanas do início, em 19 de março, da campanha eleitoral para as eleições presidenciais de 9 de abril. EFE jg/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.