Pelo menos 12 pessoas morreram nesta segunda-feira em um atentado suicida com carro-bomba contra um edifício da polícia em Nazran, a principal cidade da Inguchétia, uma turbulenta república do Cáucaso russo.

Uma caminhonete avançou contra o portão do edifício do estado-maior da polícia municipal e invadiu o pátio. Em seguida foi ouvida uma violenta explosão.

O ataque aconteceu no momento em que os policiais estavam reunidos no local para uma reunião.

De acordo com o ministério do Interior o veículo transportava pelo menos 50 quilos de TNT, um poderoso explosivo.

A explosão destruiu praticamente todo o pátio.

A Inguchétia, uma república na fronteira com a Chechênia, é cenário de uma rebelião inspirada nos movimentos separatistas e islamitas que lutaram contra Moscou durante duas guerras na Chechênia nos anos 90 e no início da década. Os ataques têm como alvos frequentes as autoridades e forças de segurança.

Semana passada, o ministro da Habitação da Inguchétia, Ruslan Amerjanov, foi assassinado dentro do próprio gabinete.

bfi/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.