Três soldados e dois guardas de fronteira afegãos morreram nesta quarta-feira em um atentado com carro-bomba na província de Paktika, leste do Afeganistão.

O balanço foi confirmado pelo chefe de polícia de Paktika, Dawlat Khan Zadran. Quatro oficiais dos serviços de segurança também ficaram feridos.

O chefe de polícia não explicou se o ataque aconteceu nas proximidades ou dentro de uma base militar afegã.

Oito foguetes foram disparados em seguida contra a base, que fica no distrito de Barmla, na província de Paktika.

Semana violenta

Na noite de terça-feira, dois soldados da Otan morreram em um atentado suicida executado por um homem-bomba vestido com um uniforme de guarda de fronteira em uma base conjunta Afeganistão-Otan, na província vizinha de Khost.

Os dois atentados foram reivindicados pelos talebans.

Leia mais sobre Afeganistão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.