Atentado mata pelo menos três soldados iraquianos e fere sete

Bagdá, 18 jul (EFE).- Pelo menos três soldados iraquianos morreram hoje e sete ficaram feridos devido à explosão de um carro-bomba dirigido por um terrorista suicida, perto de Mossul, 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informaram fontes policiais.

EFE |

Segundo as fontes, citadas pela agência de notícias independente iraquiana "Aswat al-Iraq", o suicida lançou o veículo com explosivos contra a patrulha dos soldados perto de Mossul.

A explosão também destruiu dois veículos militares e dez carros de passeio.

Mossul e seus arredores são cenário de um campanha do Exército iraquiano, que conta com o apoio das tropas americanas, para combater a insurgência vinculada à rede terrorista Al Qaeda.

Além disso, o comando militar dos EUA anunciou a detenção de cinco supostos membros de "grupos especiais" durante várias operações realizadas hoje no bairro de Adhamiya, no norte da capital.

O Exército americano denomina "grupos especiais" as milícias xiitas vinculadas à Guarda Revolucionária do Irã. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG