Atentado mata pelo menos dez em funeral no Iraque

Um homem-bomba atacou um funeral na província de Diyala, ao norte de Bagdá, matando pelo menos 10 pessoas. O atentado aconteceu na cidade de Saadiyah, a 60km de Baquba.

BBC Brasil |

As vítimas participavam do funeral de um policial sunita.

Correspondentes dizem que ataques a funerais no Iraque são normalmente atribuídos à rede Al Qaeda.

O episódio ocorre no momento em que um relatório da inteligência americana destaca como a convivência entre xiitas e sunitas tem ajudado a enfraquecer a Al Qaeda no país.

O relatório diz que a melhora nos níveis de violência percebida desde o aumento do contingente militar, no ano passado, tem se mantido. Os esforços do governo iraquiano para desarmar grupos militantes xiitas na semana passada não são mencionados.

O documento foi entregue ao Congresso americano uma semana antes da audiência que o comandante das tropas americanas no Iraque, David Petraeus, dará a um comitê do Senado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG