Atentado em quartel na Caxemira paquistanesa deixa 3 mortos

Três oficiais dos serviços de segurança morreram nesta quarta-feira em um atentado cometido diante de um quartel na Caxemira paquistanesa.

AFP |

A bomba explodiu do lado de fora do quartel da cidade de Tarar Khal, 150 km ao leste de Muzaffarabad, capital da Caxemira sob administração paquistanesa.

"Foi uma explosão causada por uma bomba. Pode ter sido um suicídio, mas estamos reunindo provas", disse à AFP o policial Masaood Kishvi .

"Três oficiais de segurança morreram e três ficaram feridos", completou o policial, que estava na cidade vizinha de Pallandre.

Índia e Paquistão disputam a região himalaia da Caxemira desde a independência de Islamabad em 1947. Este território, dividido em dois na época, foi a causa de duas das três guerras entre os dois vizinhos e rivais da Ásia meridional.

Milhares de pessoas morreram nos últimos 20 anos em atos de violência na Caxemira indiana, onde os rebeldes muçulmanos não aceitam a autoridade de Nova Délhi.

O governo da Índia acusa o Paquistão de armar e financiar os rebeldes, o que Islamabad nega.

sq-sjd/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG