Atentado em mesquita deixa ao menos oito mortos no Iraque

Ataque de homem-bomba deixou 17 feridos na província de Diyala, bastião da Al-Qaeda no país

iG São Paulo |

Ao menos oito pessoas morreram e 17 ficaram feridas nesta quinta-feira, em ataque de um homem-bomba dentro de uma mesquita da província de Diyala, no Iraque.

O ataque ocorreu pouco depois das orações da noite em Baladruz, 90 quilômetros a nordeste de Bagdá, disse o chefe do comitê de segurança do conselho da província de Diyala, Muthana al-Timimi.

O ataque foi registrado às 20h15 locais (14h15 de Brasília) na mesquita Imã Al-Husein. Uma multidão de peregrinos estava reunida na mesquita quando o atentado foi praticado. Segundo fontes de segurança, todas as vítimas são homens.

A província de Diyala é um antigo bastião da Al-Qaeda. Embora a influência da rede islamita tenha diminuído consideravelmente na província, Diyala continua sendo uma das mais violentas do Iraque devido a fortes tensões étnicas e religiosas. Uma combinação instável de curdos, xiitas e sunitas dificulta a promoção da paz na região. Trata-se de uma das poucas províncias remanescentes onde muitos insurgentes da Al-Qaeda e outros grupos sunitas ainda lutam contra as forças de segurança iraquianas.

No mês passado, ao menos oito soldados morreram quando um carro-bomba explodiu em uma unidade do Exército iraquiano na cidade de Kanaan, em Diyala.

*Com Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: iraqueatentadomesquita

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG