Atentado deixa sudoeste da Colômbia sem eletricidade

Bogotá, 6 out (EFE).- Um grupo armado ainda não identificado derrubou uma torre de condução de eletricidade no sudoeste da Colômbia e deixou sem luz várias regiões da costa do oceano Pacífico, informaram hoje as autoridades.

EFE |

O atentado aconteceu no fim de semana em um local conhecido como La Espriella, nas selvas do departamento (estado) de Nariño e que pertencem ao porto de Tumaco, informou Carlos García Blandón, chefe da zona pacífica da empresa Centrales Eléctricas (Cedenar).

Segundo ele, a costa de Nariño ficou sem energia depois do ataque contra a torre 337.

"Esperamos que o tempo fique bom para que possamos levar ao local uma torre de emergência, mas antes o Exército deve assegurar a zona para que possam entrar os operários", disse García Blandón.

Raúl Ortiz, gerente da empresa de energia de Nariño, ressaltou, por sua parte, que além de Tumaco se encontram sem eletricidade Barbacoas e Ricaurte, entre outras localidades.

Nenhuma autoridade atribuiu ainda o atentado a alguma organização, embora nessa região atuem facções da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e outros grupos ligados ao narcotráfico. EFE rrm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG