Atentado deixa sete mortos no Iraque

Um atentado à bomba matou sete pessoas neste domingo, entre elas a mulher e dois filhos do chefe de um partido político curdo, deixando-o ferido, na província de Diyala, a nordeste de Bagdá, indicaram as autoridades iraquianas.

AFP |

A bomba explodiu no vilarejo de Qara Tappa em frente à casa de Mohammed Ramadan Eisa, dirigente local do partido do presidente Jalal Talabani, o União Patriótica do Curdistão, indicou o prefeito, Sherouan Shoukra.

"Eisa foi gravemente ferido na explosão, mas sua mulher, a mãe de sua mulher, seus dois filhos e dois de seus seguranças morreram", disse o prefeito.

O ataque aconteceu por volta de 12h30 local (09H30 GMT) no vilarejo situado a 70km ao nordeste de Baaquba, capital da província de Diyala.

"O atentado aconteceu quando as vítimas estavam em frente à casa, provavelmente quando se preparavam para sair", acrescentou Shoukra.

Um oficial da polícia local confirmou o ataque, destacando que três outros seguranças de Eisa foram feridos.

str-ak/mba/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG