Atentado deixa dezenas de mortos em Bagdá

Pelo menos 33 pessoas, entre elas um comandante militar local, foram mortos e 46 ficaram feridas em um atentado suicida no oeste de Bagdá, nesta terça-feira, segundo informaram as autoridades. O ataque ocorreu no distrito de Abu Ghraib quando um grupo de autoridades, entre elas oficiais do Exército, deixavam uma conferência de reconciliação nacional.

BBC Brasil |

A violência estava em declínio nos últimos meses no Iraque, mas este foi o terceiro grande ataque ocorrido nos últimos dias no país.

Na quinta-feira, um carro-bomba explodiu em um mercado de gado na província de Babel, matando 10 pessoas. Há dois dias, um ataque de um motoqueiro-bomba matou 30 pessoas em uma academia de polícia em Bagdá.

Segundo a polícia, entre as vítimas do ataque desta terça-feira estão ainda soldados, policiais e jornalistas.

Ainda não se sabe se o homem-bomba estava dentro da conferência ou se a explosão ocorreu do lado de fora, quando os participantes deixavam o local.

O atentado ocorreu dias depois de o Exército americano ter anunciado que vai retirar 12 mil soldados do Iraque nos próximos seis meses.

Nos últimos anos, o Iraque expandiu maciçamente suas forças policial e militar, em uma tentativa do primeiro-ministro Nouri al-Maliki de garantir a segurança usando forças domésticas.

Leia também:


Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG