Atentado contra secretária estadual de Segurança deixa 4 mortos no México

Um atentado contra um comboio da secretaria de Segurança Pública do estado mexicano de Michoacán (oeste) deixou, na madrugada de sábado, quatro mortos e 11 feridos, inclusive a titular da pasta, Minerva Bautista, informou a promotoria local.

AFP |

Um "trailer fechou a passagem às caminhonetes nas quais viajavam Minerva Bautista e sua equipe de segurança e, em um momento, um grupo armado atirou contra todo o pessoal da secretaria, sem importar que pelo local passassem civis", disse à AFP Jesús Montejano Ramírez, procurador de Michoacán.

O ataque ocorreu no norte de Morelia, capital do estado, quando a funcionária e sua escolta voltavam de coordenar a segurança de uma feira, inaugurada na noite de sexta-feira.

Dois seguranças e dois civis morreram, enquanto outros quatro seguranças, seis civis e a própria funcionária tiveram ferimentos diversos. Bautista ficou ferida com um estilhaço de granada e foi levada a um hospital onde se encontra estável, informou o governo de Michoacán em um comunicado.

Os atacantes usaram armas AK-47 e AR-15, uma Barret e granadas de fragmentação, acrescentou o procurador.

No estado de Michoacán agem os cartéis de narcotraficantes rivais La Familia e Los Zetas, integrado por ex-militares de elite do Exército mexicano.

Mais de 22.700 pessoas foram assassinadas no México desde o fim de 2006, no âmbito de uma guerra contra o tráfico de drogas que o governo enfrenta com 50.000 militares.

str/lp/mvv

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG