Atentado contra oleoduto interrompe abastecimento de refinaria de Bagdá

Um atentado contra o oleoduto que abastece Bagdá interrompeu o fornecimento de petróleo à refinaria da capital iraquiana, principal fonte de abastecimento de combustível da cidade, declarou nesta terça-feira à AFP o porta-voz do Ministério do Petróleo, Assim Jihad.

AFP |

"Um oleoduto, que leva petróleo do sul do país para a refinaria al-Dora de Bagdá, foi alvo de um atentado próximo à cidade de al-Musayeb", 55 km ao sul da capital, disse, sem especificar quando o atentado havia sido cometido.

"Isso provocou a interrupção do fornecimento de petróleo para a refinaria de al-Dora, o corte no bombeamento de petróleo no sul do país e a perda de uma grande quantidade de petróleo", acrescentou.

Durante os dois últimos dias, longas filas de carros foram formadas nos postos de gasolina da capital.

A gasolina também é usada como combustível para os pequenos geradores elétricos das casas.

O Ministério do Petróleo criou uma célula de crise que entrará em operação para a reparação dos danos causados ao oleoduto, segundo o porta-voz.

"Espero que o bombeamento de petróleo seja retomado em breve na refinaria al-Dora", afirmou sem adiantar uma data.

Esse atentado coincide com um aumento de consumo de combustíveis em Bagdá.

mar-mba/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG