Atentado com carro-bomba no Iraque deixa pelo menos 12 mortos e 32 feridos

Explosão de carro-bomba aconteceu perto de um posto de gasolina e de um posto de controle da Polícia no centro de Ramadi

EFE |

Bagdá - Pelo menos 12 pessoas morreram neste domingo e outras 32 ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba no centro da cidade de Ramadi, a 100 quilômetros a oeste de Bagdá, segundo fontes do Ministério do Interior iraquiano.

O veículo carregado de explosivos estava estacionado perto de um posto de gasolina e de um posto de controle da Polícia, explicaram as fontes, que pouco antes tinham informado sobre a morte de sete pessoas no atentado.

Entre os mortos há dois policiais, enquanto sete guardas de segurança encarregados da vigilância do posto de gasolina e três agentes ficaram feridos. As fontes afirmam que a maioria das vítimas eram civis e que esperavam para receber suas pensões no departamento de Bem-estar Social, próximo ao lugar da explosão.

Na manhã de domingo, outro carro-bomba explodiu no centro da cidade de Faluja, a 50 quilômetros a oeste de Bagdá, causando a morte de três pessoas e deixando outras 11 feridas, algumas delas em estado grave.

Além disso, um terceiro carro-bomba explodiu na zona norte de Faluja. Neste atentado, que tinha como alvo uma patrulha da Polícia, duas pessoas morreram e outras seis ficaram feridas.

Por outro lado, a explosão de uma bomba contra um microônibus no qual viajavam guardas de segurança matou duas pessoas e feriu outras três na região de Abu Ghraib, a 25 quilômetros a oeste de Bagdá. EFE am/pd

    Leia tudo sobre: explosãocarro-bombamortesiraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG