Atenas, 28 jan (EFE).- Uma organização anarquista grega assumiu o ataque de hoje em Atenas com bujões de gás contra os escritórios da Fundação Costas Simitis, primeiro-ministro socialista na Grécia entre 1996 e 2004.

O atentado, sem vítimas, ocorreu por volta das 17h no horário local (13h em Brasília) no centro da capital, quando encapuzados colocaram uma bomba no quinto andar do prédio da fundação.

A explosão causou leves danos materiais na porta do escritório e gerou a intervenção dos bombeiros e da Polícia no local, paralisando totalmente o trânsito de pessoas durante horas no prédio.

Uma pessoa ligou para uma emissora privada ateniense e assumiu a responsabilidade pelo ato em nome do grupo de guerrilha urbana "Ação Revolucionária Libertadora".

No ano passado, o mesmo grupo realizou um atentado contra o escritório do deputado conservador Costas Mitsotakis, causando danos materiais. EFE afb-jk/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.