Um atentado com caminhão-bomba reivindicado pelos talibãs matou 25 pessoas nesta quinta-feira, sendo 21 civis e quatro policiais, em uma avenida da província de Logar, 30 km ao sul de Cabul.

"Vinte e um civis, entre eles crianças em idade escolar, e quatro policiais morreram na explosão. Um civil e quatro estudantes também ficaram feridos", declarou à AFP o chefe da polícia provincial, Ghulam Mustafah Mohsini.

A explosão do caminhão-bomba aconteceu no distrito de Mohammad Agha, em uma estrada que liga Cabul às províncias do sudeste na fronteira com o Paquistão (Paktika, Paktia e Khost).

O ataque foi reivindicado por um porta-voz talibã, Zabihulah Mujahed, que afirmou que 16 homens-bomba entraram em Cabul para executar uma onda de atentados suicidas, a um mês e meio das eleições presidenciais e provinciais de 20 de agosto.

wm-br/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.