s dá 15 anos de cadeia na Rússia - Mundo - iG" /

Atentado a bomba contra McDonald s dá 15 anos de cadeia na Rússia

São Petersburgo (Rússia), 12 jan (EFE).- O Tribunal de São Petersburgo condenou hoje a 15 anos de prisão a Fiodor Kovalchuk, declarado culpado por um júri popular de organizar dois atentados a bomba contra uma lanchonete McDonalds e um quiosque de flores da cidade em fevereiro de 2007, ferindo 11 pessoas.

EFE |

Junto com Kovalchuk, foi condenado a sete anos de prisão, mas com redução de pena, Yevgueni Skorov, por cumplicidade na colocação da bomba no McDonald's que deixou dez pessoas feridas, informou a agência "Interfax".

O mesmo tribunal condenou a seis anos de prisão, com redução de pena, um menor de idade declarado culpado por armazenar de explosivos e de colocar, junto com Kovalchuk, outra bomba junto a um quiosque de flores à entrada de uma estação de metrô, ferindo uma pessoa, também em fevereiro de 2007.

O procurador Aleksandr Pivkó se disse satisfeito com as penas ditadas pelo tribunal, pois "coincidiram quase plenamente" com as solicitadas pela acusação.

Os advogados de defesa anunciaram que recorrerão da sentença.

Durante o processo, Kovalchuk declarou que decidira explodir o McDonald's por "patriotismo", para expressar sua repulsa ao Ocidente pelas críticas à política do então presidente Vladimir Putin, de acordo com o jornal digital "Newsru.com". EFE ak-bsi/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG