Atendimentos por abuso de álcool dobram na Inglaterra

O número de casos ligados ao abuso de álcool atendidos nos hospitais na Inglaterra mais que dobrou na última década. Em 2007, houve 207.

BBC Brasil |

800 admissões hospitalares do tipo, comparadas com 93.500 em 1996, segundo um relatório divulgado nesta semana pelo Centro de Informação do NHS (National Health Service), o serviço público da saúde do país.

As ocorrências registradas em 2007 foram de doenças ou problemas de saúde causados direta ou indiretamente pelo consumo abusivo de álcool, desde doenças do fígado a ferimentos contraídos em quedas ou acidentes provocados pela embriaguez.

Desse total, 57.142 casos tiveram como causa direta o abuso de álcool, como embriaguez profunda, dependência, cirrose e intoxicação aguda. O estudo revelou ainda que 9% desses casos envolveram um jovem com menos de 18 anos.

Hábitos
O relatório do NHS também apresentou uma pesquisa envolvendo 8 mil adolescentes, que revelou uma queda, nos últimos cinco anos, no número de jovens que já consumiram álcool.

O estudo apontou que 45% de jovens entre 11 e 15 anos disseram, em 2006, que nunca consumiram uma bebida alcoólica, comparados com 39% em 2001.

Mas aqueles que admitiram beber dizem estar bebendo mais - 11,4 "unidades" de álcool em média por semana, o número mais alto já registrado pela pesquisa.

E 30% dos adolescentes de 15 anos disseram que consideram aceitável ficar bêbado pelo menos uma vez por semana.

Varuna Aluvihare, especialista em doenças do fígado no Kings College Hospital, disse que a idade dos pacientes com o problema vem caindo.

"Nós estamos vendo um grupo mais jovem, bebendo às vezes grandes quantidades, o que pode ser muito danoso. Nós vemos pessoas nos seus 20 ou 30 anos. Quando eu comecei a trabalhar, nós víamos pessoas de 50 anos (com o problema)."
O estudo também revelou um aumento de 20% no número de prescrições médicas dadas por médicos para tratar a dependência de álcool nos últimos quatro anos. Em 2006, foram registradas 6.500 mortes relacionadas ao uso de álcool.

A secretária de Saúde Pública, Dawn Primarolo, disse que o governo já está agindo para enfrentar o problema.

"O NHS gasta 217 milhões de libras ao ano em tratamentos especializados e acabamos de gastar 6 milhões de libras em uma campanha para ter certeza de que as pessoas sabem o quanto estão bebendo", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG