Chilpancingo (México), 24 abr (EFE).- Diferentes ataques deixaram nove mortos, entre eles um agente federal, no estado de Guerrero, sul do México, informaram hoje fontes oficiais.

No balneário de Zihuatanejo foram achados os corpos de cinco homens dentro de uma caminhonete, onde as vítimas deixaram uma mensagem de advertência de que se trata do grupo de sicários Los Zetas, braço armado do cartel do Golfo, informou a Procuradoria do estado.

As vítimas, que tinham as mãos amarradas, foram assassinadas com fuzis AK-47.

Em Cidade Altamirano, divisa com Michoacán, dois homens foram encontrados mortos a tiros de AK-47 e pistolas 9 milímetros. Eles também tinham as mãos atadas e os olhos vendados.

Já em Iguala, norte do estado, Felipe Uribe Ruiz, integrante da Agência Federal de Investigação (AFI), foi morto quando viajava com outra pessoa em um carro.

Enquanto isso, no balneário de Acapulco um homem de 25 anos foi mortos a tiros, sem que, até o momento, se saiba o motivo do crime.

EFE lo/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.