Ataques suicidas matam 35 e feram 65 no Iraque

BAGDÁ - Dois ataques suicidas seguidos mataram 35 pessoas e feriram outras 65 na quinta-feira, em um mercado movimentado e em uma festa de casamento em uma cidade ao noroeste de Bagdá, informou a polícia.

Redação com Reuters |

A polícia disse que um segundo homem-bomba se lançou no meio da multidão que fugia após o primeiro ataque, uma tática comum usada pelos homens-bomba para maximizar o número de feridos.

A tática de ataques suicidas é usada principalmente no Iraque por grupos árabes sunitas como a Al-Qaeda.

O país tem registrado um aumento na violência no último mês, envolvendo disputas entre milícias xiitas contra o governo e tropas norte-americanas no Bagdá e ao sul.

Mas os sunitas da Al-Qaeda também têm levado a cabo um grande número de ataques no norte do país.

Dados do governo iraquiano mostraram que abril foi o mês com mais mortes de civis desde agosto do ano passado.

(Por Peter Graff)

Saiba mais sobre: atentado - Al-Qaeda

    Leia tudo sobre: atentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG