terroristas matam pelo menos 18 em Mumbai - Mundo - iG" /

Ataques terroristas matam pelo menos 18 em Mumbai

Por Phil Smith MUMBAI (Reuters) - Pelo menos 18 pessoas morreram numa série de atentados a tiros em Mumbai, principal centro financeiro da Índia, nesta quarta-feira, segundo emissoras de TV locais. Ao menos dois hotéis cinco estrelas estiveram entre os alvos, disse a polícia.

Reuters |

A.N. Roy, chefe de polícia do Estado de Maharahstra, afirmou que os agressores dispararam armas automáticas indiscriminadamente e também usaram granadas. Ele acrescentou que eles continuam escondidos em alguns prédios.

"Houve ataques terroristas em pelo menos sete lugares", disse ele a uma TV local. "Terroristas desconhecidos saíram com armas automáticas e abriram fogo indiscriminadamente. Em alguns poucos locais, até usaram granadas."

Emissoras de TV mostraram os saguões dos hotéis Taj e Oberoi em chamas. No Oberoi, as pessoas estavam sendo retiradas. No Taj, a polícia afirmou não saber quantas pessoas havia do lado de dentro.

Alguns feridos foram retirados do Taj nos carrinhos dourados habitualmente usados para as bagagens. Garçons em trajes formais e cozinheiros eram vistos fugindo do Oberoi.

Emissoras disseram que houve tiros também em frente ao Café Leopold, muito frequentado por turistas, e em hospitais e estações de trem.

Um repórter da Reuters ouviu duas explosões e rápidas rajadas de armas automáticas na rua do restaurante. No meio da rua havia a carcaça de uma scooter vermelha, restos de um toldo de loja e estilhaços de vidro.

Policiais armados com rifles montaram barricadas em torno do local da explosão. Moradores gritavam, revoltados com a ocorrência de mais um atentado na cidade.

Numa estação de trem da cidade, o policial A. K. Sharma disse que os desconhecidos "entraram na plataforma de passageiros e começaram a atirar".

Sameeran Chakraborty, morador de Mumbai, disse à NDTV ter ouvido uma explosão dentro de um carro perto do aeroporto. "Foi um barulho forte, e um carro estava envolvido, definitivamente não mais do que um."

A Índia registrou vários atentados a bomba nos últimos anos. A maioria foi atribuída a militantes islâmicos, embora a polícia também tenha prendido extremistas hindus suspeitos em alguns casos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG