Ataques no Iraque deixam nove mortos

Pelo menos nove pessoas morreram em três episódios violentos no Iraque, incluindo cinco crianças, vítimas de uma bomba que explodiu quando brincavam em um vilarejo próximo de Mossul, no norte do país, informaram fontes médicas e policiais à AFP nesta segunda-feira.

AFP |

"Cinco crianças morreram, e três foram feridas por uma bomba caseira, que explodiu quando brincavam, perto de casa, na cidade de Hammam al-Ali (20 km ao sul de Mossul)", disse à AFP o porta-voz da polícia Muqdem Mohammed Sadeeq.

O incidente aconteceu por volta das 18h30 (12h30 de Brasília), completou o oficial de polícia.

O doutor Munthar Abdel Jabbar confirmou que foram recebidos em sua clínica os corpos de cinco crianças e acrescentou que dois dos três feridos, em estado crítico, foram operados e, depois, levados para o Hospital de Mossul.

Pela manhã, um atentado com carro-bomba provocou a morte de três civis iraquianos e feriu outras sete pessoas no centro de Bagdá, de acordo com fontes dos serviços de segurança.

A deflagração aconteceu às 12h (6h de Brasília), em Karrada, um bairro do centro da capital iraquiana, acrescentaram as mesmas fontes, segundo as quais uma mulher estaria entre os mortos. O atentado destruiu cinco veículos, provocou um incêndio em um edifício residencial e em vários armazéns.

Por último, em Baquba, 60 km ao norte de Bagdá, uma menina de três anos foi abatida, acidentalmente, por policiais que abriram fogo quando uma bomba explodiu na passagem de sua viatura, alcançando o carro em que ela estava com a família, contaram testemunhas.

emd-hj/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG