Ataques na Semana Santa ferem 26 na Nigéria

Lagos, 14 abr (EFE).- Três igrejas foram incendiadas e 26 pessoas ficaram feridas após o ataque de supostos radicais islâmicos em duas cidades do norte da Nigéria, área majoritariamente muçulmana, durante as celebrações cristãs da Semana Santa, informou hoje o jornal local Punch.

EFE |

A violência dos agressores foi provocada pelas celebrações de ontem de grupos juvenis de várias igrejas que desfilaram pelas ruas da cidade de Gwada, dançando e cantando para comemorar a ressurreição de Cristo, segundo o jornal.

Na cidade de Minna, várias pessoas ficaram feridas e muitos veículos foram danificados quando os atacantes tentaram destruir uma igreja, mas as pessoas que assistiam às cerimônias cristãs impediram.

A Polícia do estado de Níger, que deteve ontem 88 pessoas em Gwada e outras 20 em Minna, afirmou que não aconteceu nenhuma morte em consequência dos distúrbios, e afirmou que enviou reforços às áreas em questão.

Em fevereiro, pelo menos 11 pessoas morreram nos choques entre muçulmanos e cristãos na cidade de Bauchi, no norte da Nigéria. EFE da/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG