Ataques matam 5 no leste o Iraque; violência também deixa mais cinco feridos

Bagdá, 11 set (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas nesta quinta-feira em dois ataques ocorridos na província iraquiana de Diyala (leste), informaram à Agência Efe fontes policiais.

EFE |

Entre os mortos está Rokan Yamil, líder de um dos Conselhos de Salvação, como ficaram conhecidas as milícias de voluntários sunitas que combatem a Al Qaeda no país.

Segundo informações, um grupo de homens armados, supostamente insurgentes, invadiu a casa do líder sunita durante a madrugada. O filho de Yamil teria ficado gravemente ferido no ataque.

Também nesta madrugada, em outro episódio de violência, quatro membros de uma mesma família morreram e outros quatro ficaram feridos na investida de um grupo não identificado contra uma casa de um povoado ao norte de Baquba, capital da província de Diyala.

Logo depois do incidente, o Exército iraquiano e as forças de segurança ocuparam a área.

Nesta quinta-feira, as tropas dos Estados Unidos no Iraque anunciaram a detenção de quatro membros dos chamados "grupos especiais" - milícias xiitas apoiadas pelo Irã -, na província de Wasit, sul do país.

Um comunicado do comando militar americano diz que as detenções foram possíveis graças à informações recolhidas pelo serviço secreto iraquiano, que chamou atenção para a presença de quatro rebeldes na região, entre eles um que estaria vinculado aos chefes dos "grupos especiais".

Segundo a nota, esta organização recebe financiamento, armas e treinamento do corpo de elite da Guarda Revolucionária iraniana. EFE am/fh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG