Ataques matam 3 pessoas no Iraque; Polícia detém ao menos 60 rebeldes

Bagdá, 28 jun (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram hoje e duas ficaram feridas em vários ataques no Iraque, informaram fontes policiais, que acrescentaram que 60 supostos insurgentes foram detidos ao norte de Bagdá numa operação antiterrorista.

EFE |

As fontes disseram à Agência Efe que um grupo de rebeldes disfarçados de soldados iraquianos atacou uma casa na região de Hamrein, 40 quilômetros ao norte de Baquba, capital da província de Diyala.

Os insurgentes levaram um dos habitantes da casa para a rua e atiraram nele na frente da família.

Não está descartado o envolvimento da organização terrorista Al Qaeda na ação.

Em outro incidente, um civil morreu e outro ficou gravemente ferido na explosão de uma bomba durante a passagem do carro em que estavam pela mesma região, acrescentaram as fontes.

Em Mansuriyat al-Shat, 35 quilômetros ao norte de Baquba, uma pessoa morreu esfaqueada.

Além disso, duas pessoas ficaram gravemente feridas por disparos de insurgentes na zona oeste de Baquba.

Já na província de Salah ad-Din, ao norte de Bagdá, pelo menos 60 pessoas foram detidas em diferentes operações antiterroristas.

Segundo as fontes, a ofensiva teve como objetivo perseguir os grupos armados para evitar possíveis ataques antes da retirada das tropas americanas das cidades iraquianas, prevista para daqui a dois dias. EFE am/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG