Ao menos 10 palestinos morreram e outros 40 ficaram feridos em ataques aéreos israelenses realizados na madrugada desta terça-feira contra a Faixa de Gaza, informou à AFP o chefe dos serviços de emergência do território, Moawiya Abu Hassanein.

Entre os objetivos desta nova onda de ataques, concentrada na cidade de Gaza, estão o escritório do primeiro-ministro, os prédios dos ministérios da Defesa, Relações Exteriores e Economia, a Universidade Islâmica e um clube relacionado ao Fatah (partido do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas), segundo dirigentes do Hamas e testemunhas.

az/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.