Ataques israelenses matam 12 palestinos na Faixa de Gaza

Gaza, 11 jan (EFE).- Pelo menos seis civis palestinos morreram hoje em um bombardeio israelense contra a casa em que viviam na localidade de Beit Lahia, no norte da Faixa de Gaza, informaram fontes médicas.

EFE |

Outros seis palestinos perderam a vida em diferentes ataques israelenses num povoado ao leste de Khan Yunes (sul) e no campo de refugiados de Jabaliya (norte).

Os bombardeios e confrontos armados prosseguem hoje em Gaza, no 16º da ofensiva lançada em 27 de dezembro.

Nesta madrugada, soldados israelenses alvejaram vários milicianos palestinos na Faixa de Gaza, onde a aviação atacou cerca de 60 alvos, entre eles a casa de Ahmed Yabri, o chefe do braço armado do Hamas, as Brigadas de Ezedinne al-Qassam, informou o Exército em um comunicado.

Segundo fontes médicas palestinas, pelo menos 866 palestinos morreram e mais de 3,5 mil ficaram feridos desde o início da ofensiva, reforçada no último dia 3 com a invasão terrestre de Gaza.

Ontem, a aviação israelense lançou sobre a faixa territorial milhares de panfletos com o seguinte texto escrito em árabe: "Moradores da faixa: em breve, o Exército de Israel atacará com maior intensidade os túneis, os arsenais e as atividades terroristas. Para sua segurança e a de suas famílias, afastem-se dos elementos terroristas". EFE sar/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG