Ataques em Diyala deixam dez mortos, entre eles cinco crianças

Bagdá, 8 abr (EFE).- Pelo menos dez pessoas, entre elas cinco crianças, morreram e outras 13 ficaram feridas em dois incidentes na conflituosa província de Diyala, leste do Iraque, informaram hoje à Agência Efe fontes policiais.

EFE |

No mais grave dos incidentes, sete pessoas, entre elas cinco crianças e duas mulheres, morreram hoje quando uma bomba colocada na estrada explodiu na passagem do microônibus no qual viajavam.

A explosão também feriu outras 11 pessoas, entre elas cinco mulheres.

No outro ataque, um grupo de homens armados, supostamente membros da rede terrorista Al Qaeda, assaltaram durante a noite a casa do xeque tribal Sami Mohammed al-Faraj.

Faraj e dois de seus filhos morreram, e outros dois membros da mesma família ficaram feridos.

A Polícia suspeita que o ataque contra este xeque sunita é parte da estratégia da Al Qaeda de perseguir os líderes dos chamados "conselhos de salvação", milícias de voluntários sunitas que lutam contra esta organização terrorista. EFE am/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG