Ataques e confrontos matam 14 rebeldes e 2 soltados britânicos no Afeganistão

Cabul, 16 jan (EFE).- Ataques e confrontos em diferentes pontos do Afeganistão nas últimas 24 horas mataram 14 rebeldes e dois soldados britânicos, informou hoje a Força Internacional de Assistência (Isaf) ao país, liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

EFE |

O maior número de vítimas foi registrado durante uma operação da Isaf com o Exército afegão na província de Helmand (sul).

Na ofensiva, ocorrida na madrugada deste sábado, morreram 11 insurgentes.

Outros três talibãs perderam a vida e um quarto ficou ferido ontem à noite, na província de Paktika (leste). O grupo, que plantava explosivos no distrito de Orgun, foi surpreendido por um ataque aéreo, destacou a Isaf.

A força internacional também sofreu baixas na sexta-feira. Dois soldados britânicos que patrulhavam a pé uma cidade da província de Helmand morreram na explosão de uma bomba escondida por talibãs.

Com as mortes, subiu para 249 o número de militares do Reino Unido que perderam a vida no país asiático desde 2001. EFE lo/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG