Ataques deixam quatro soldados americanos mortos no Iraque

Washington, 6 abr (EFE).- Três ataques realizados hoje em Bagdá e na província de Diyala deixaram quatro soldados americanos mortos e 31 feridos, informaram fontes militares.

EFE |

Dois deles morreram e 17 ficaram feridos após um ataque com morteiro contra a Zona Verde, área de Bagdá na qual moram as autoridades militares e civis dos Estados Unidos, confirmou por telefone uma fonte militar que pediu para não ser identificada.

O segundo ataque aconteceu no bairro de Rustamiyah, a sudeste da cidade e fora da Zona Verde, informou por telefone o tenente Patrick Evans, porta-voz das forças americanas na capital iraquiana.

Neste episódio morreu um soldado e outros 14 ficaram feridos ao serem atingidos por tiros de morteiro, declarou.

O terceiro ataque aconteceu na província de Diyala, onde um soldado morreu após a explosão de uma mina, informaram as forças militares em comunicado.

Evans disse que os ataques estão sob investigação e ainda se desconhece sua autoria. EFE cma/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG