Ataques deixam pelo menos 8 soldados iraquianos mortos

Pelo menos outros 13 militares ficaram feridos em série de ataques

EFE |

Bagdá - Pelo menos oito soldados iraquianos morreram e outros 13 ficaram feridos em diferentes ataques contra o Exército do país nas últimas horas, informaram nesta quarta-feira fontes do Ministério do Interior iraquiano.

As fontes explicaram à agência Efe que seis militares faleceram na madrugada desta quarta e outros quatro ficaram feridos, alguns em estado grave, pela detonação de vários explosivos que estavam no interior de uma casa na localidade de Al Saeda, 60 quilômetros a norte de Baquba, capital da província de Diyala, ao nordeste de Bagdá.

A explosão ocorreu quando os soldados entraram na casa para tentar render um grupo de homens armados que tinha capturado várias pessoas. Segundo as fontes, os suspeitos encheram a casa com explosivos e em seguida chamaram militares para que fossem ao imóvel e buscassem aos insurgentes.

No fim da noite de terça, uma bomba explodiu durante a passagem de uma patrulha do Exército iraquiano na zona de Mandali, 90 quilômetros a nordeste de Baquba, e matou um soldado e deixou outros cinco feridos. Em outro incidente, um militar morreu e outros quatro ficaram feridos pela explosão de uma bomba na região de Al Sokr, a leste de Mossul, 400 quilômetros ao norte da capital.

    Leia tudo sobre: ataquesiraquianosBagdá

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG