Ataques deixam pelo menos 60 mortos no Iraque

Uma série de ataques contra xiitas deixou pelo menos 60 mortos e mais de 200 feridos nesta sexta-feira em Bagdá e no oeste do Iraque, segundo a polícia.

iG São Paulo |


Os ataques pareceram ser uma mostra de força dos militantes dias depois de o governo iraquiano ter anunciado a morte de dois importantes líderes da rede terrorista Al-Qaeda no país .

A maioria dos mortos estava em Cidade Sadr, bairro de maioria xiita do norte da capital, Bagdá. Também ocorreram fatalidades no sul da cidade.

Autoridades dizem que aparentemente os ataques foram planejados para atingir xiitas durante as orações tradicionais de sexta-feira.

Nenhum grupo assumiu a autoria dos ataques. No passado, integrantes da rede extremista Al-Qaeda e outros grupos militantes sunitas atacaram mesquitas xiitas.


Iraquianos observam carro-bomba no bairro de Cidade de Sadr / AP

Também nesta sexta-feira, sete pessoas morreram na cidade de Khalidya, na província de Anbar (oeste do país).

Pelo menos seis bombas caseiras foram colocadas entre várias casas que pertenciam a policiais e um juiz.

*Com AP e BBC

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG