Ataques deixam 6 mortos e 24 feridos no Iraque

(atualiza com mais ataques). Bagdá, 14 set (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram nesta segunda-feira e outras 24 ficaram feridas, entre elas mulheres e crianças, em diferentes ataques no Iraque, segundo fontes do Ministério do Interior.

EFE |

As fontes disseram à Agência Efe que a explosão de uma bomba na passagem de um carro na zona de Abu Khamis, no sul de Baquba, a 150 quilômetros a nordeste de Bagdá, causou a morte de duas pessoas e feriu outras duas.

Entre os feridos está uma mulher, afirmaram as fontes, que acrescentaram que a Polícia deteve três pessoas que teriam ligação com o incidente.

Além disso, pelo menos um policial morreu e outros sete sofreram ferimentos depois da detonação de uma bomba na passagem de uma patrulha policial no bairro de al-Farouk, no centro de Mossul, a 400 quilômetros ao norte da capital.

A explosão destruiu, além disso, um veículo das forças de segurança.

Em um ataque similar no oeste de Mossul, uma mulher morreu e sua filha ficou ferida gravemente, depois da explosão de outra bomba enquanto uma patrulha da Polícia passava pelo bairro de Bab Senyar.

Além disso, pelo menos um soldado iraquiano morreu em um ataque perpetrado por um grupo armado contra um posto de controle militar no nordeste da cidade.

A explosão de uma carga explosiva próximo a um café no centro da cidade de Al-Iskandariyah, a 50 quilômetros ao sul de Bagdá, causou a morte de um civil e ferimentos em outros quatro.

Na capital, pelo menos dois civis ficaram feridos depois da detonação de uma bomba, próximo a um hospital, na zona oeste da cidade.

Outras seis pessoas, entre elas duas mulheres e duas crianças, ficaram feridas devido à explosão de um carro-bomba que estava estacionado na frente de uma concessionária, perto da sede do Governo de Diyala, no centro de Baquba, capital desta província.

O atentado tinha como alvo uma patrulha do Exército iraquiano, acrescentaram as fontes.

Em outro ataque, um homem e uma mulher ficaram feridos por causa de disparos de insurgentes desconhecidos na localidade de Al-Majisa, ao nordeste de Baquba.

As mesmas fontes afirmaram que um suposto rebelde morreu na noite de ontem e outro sofreu ferimentos por disparos feitos por soldados americanos de um helicóptero, em uma aldeia localizada a cerca de 80 quilômetros ao noroeste de Mossul. EFE am/an-pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG